24 de agosto de 2014

VINTAGE!

Vintage é um estilo de vida ou de moda, baseado na recuperação dos anos 20 à 60.
Eu estou assim estes dias: meio vintage...
Uma nostalgia vinda de uma vontade de redesenhar a vida já vivida.
Uma conversa meio retrô comigo mesma.
Parece um espelho retrovisor de uma lambreta.
Ao mesmo tempo que olho pra trás, não quero voltar.
E enquanto acelero não quero correr...
Vai entender esse trê lê lê, parece notícia que ninguém lê. 
Lembro quando a chuva caia do céu...
Quando pra colher bastava semear.
Hoje colhe-se o que não se semeia,
planta-se com sementes alheias,
rega-se com lama empossada.
Come-se folhas de alecrim,
não há flores para embelezar,
nem frutos bons pra alimentar!
Também recordo que tinha bruxa de todo tipo.
Bruxa má e feiticeira boazinha,
Gênios em lâmpadas e gênias engarrafadas,
Tinha caldeirões com porções mágicas esfumaçadas.
Agora vemos bruxarias nos gabinetes todo dia.
Ninguém sabe mais o que é feitiço, nem o que é magia
Votar na pessoa "certa" hoje não é garantia,
já que o povo tá dentro do mesmo caldeirão,
enfeitiçados pela vida de patifaria.
Isso é uma P..., ops, Baixaria!!!!!
Meu pai tinha uma biblioteca em seu escritório.
Engraçado como era habitual um ambiente que se tornou banal.
Agora é um espaço retrô!!!
Deve-se evitar estantes e prateleiras
Pois elas juntam poeira.
Com apenas uns 5 livros, enfeite seu aposento,
Isso vai te dar um ar de quem lê a contento!
Pra que saber muito?
Se saber trás responsabilidade...
E isso ninguém quer, nem com certa idade!
Por fim, acabaram-se as fotos de papel.
Isso em parte é prático,
contribui com uma oportunidade 
de registro democrático.
Mas me preocupa  uma coisa:
essa facilidade de registro popular
vai  a história do país influenciar???
Um país com uma história,
de um povo que nunca teve memória????
Deixo pra você um pouco dessa nostalgia,
que não passa de uma tentativa furada,
de trazer um estilo que não é diferente
do que a gente vem vivendo de trás pra frente.
Quem sabe um pouco de mudança
no formato de pensar os ideais???
Quem sabe frustrar Elis Regina
cantando: não quero ser diferente nem igual aos meus pais!!!!
Que tal???:
Que eu possa ser o que sou
sendo capaz de deixar um pouco melhor
o mundo onde vivendo estou!
QUANTO A MIM,
ESPERO NÃO ME AFOGAR EM LETRAS,
NÃO ENGOLIR PALAVRAS VÃS
E DISCURSOS BEM COPIADOS
DE PESSOAS BURRAS
E DE INDIVÍDUOS MAL INTENCIONADOS!


ROSE LIRA





2 comentários:

  1. É Rose as pessoas têm memória mas, são burras mais que suficiente para não lembrar. Preferem disser, quem vive de passado é Museu. Ah! Lembrando não conhecem as lindas histórias existente que há nos MUSEUS. Dila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem colocado Dila Anizete. Abraço Grande!

      Excluir

Poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...