2 de agosto de 2011

O MELHOR DE MIM

 

Me conhecer é tarefa arriscada porque envolve coragem de olhar pra mim mesma,
Me ver como sou e não com fui ou serei,
Me ver sem minhas máscaras que tão ingenuamente me protegem.
Me ver sem o reflexo do outro que trás sombras que me justificam,
Me ver assumidamente, generosamente, amorosamente.

 

Me conhecer não significa autocrítica,
Não significa acolher em meu coração os negativos da minha imagem.
Me olhar envolve principalmente a coragem generosa do encontro com a minha imagem revelada, o melhor de mim.


 Não quero ver o que há de melhor porque isso me trás responsabilidades.
O olhar negativo me lança na inconseqüência, na superficialidade, no improdutivo.
O olhar positivo me chama ao compromisso amoroso, ao mergulho, a entrega, ao ato de deixar gerar e gerar deixando.

 

Quero me ver e recolher o que há de melhor em mim;
Quero usar a minha vontade pra recolher o melhor que deixei muitas vezes pela borda do caminho;
Quero fazer do melhor a argamassa, a matéria, a inspiração a motivação de reformar o que precisa ser reformado em mim.


 


Quero como Rosa que sou: que meus espinhos sejam as agulhas que tecem minhas pétalas.


ROSE LIRA


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...